Deus lhe Chamou para o Ministério?

Tema:
Categoria: Trechos

Algumas pessoas pensam que você vai para a faculdade de teologia, ou o seminário e se torna um pastor. Deixe-me perguntar algo: Deus lhe deu algo que você não tinha antes? Deus lhe deu um dom? Deus lhe deu poder para conseguir perseverar no trabalho pastoral?

Transcrito

Percebam: Efésios 3:3 "Pois, segundo uma revelação, me foi dado conhecer o mistério". Vocês viram como Paulo recebeu o ministério? Por uma revelação. Revelação de quem? De Deus. Continuando a leitura. Vá para o versículo 5: "o qual, em outras gerações, não foi dado a conhecer aos filhos dos homens como, agora, foi revelado aos seus santos apóstolos e profetas no Espírito." E seguindo, no verso 7: "do [evangelho] qual fui constituído ministro". Não diz "eu me fiz um ministro". Homens, vocês que estão interessados no ministério, devem entender isso. Jesus Cristo deu dons aos homens. Não somente apóstolos, mas profetas, evangelistas, pastores e mestres. Eles estão todos na mesma categoria. Eles foram dados aos homens. Paulo diz "eu tenho um ministério, mas eu não o inventei. Eu tenho uma revelação. Eu tenho algo que me foi dado. Uma mordomia da graça de Deus. Esse ministério me foi dado". Continuem lendo aqui em Efésios 3. "do [evangelho] qual fui constituído ministro conforme o dom da graça de Deus a mim concedida segundo a força operante do seu poder. A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios as insondáveis riquezas de Cristo." Me foi dada. Homens, vocês precisam entender algo. Pastores e mestres estão na mesma categoria que apóstolos, no sentido que é um dom, dado por Cristo. Algumas pessoas têm esta ideia de que você vai para a faculdade de teologia ou vai para o seminário e se torna mestre. Algumas pessoas têm esta ideia de que "por que eu quero me tornar um..." Deixa eu perguntar algo a vocês: Deus veio e lhe deu algo que você não tinha antes? Deus lhe confiou essa dispensação? Deus lhe deu um ministério? Deus revelou algo a você? Deus lhe deu algum dom? Deus lhe deu poder para conseguir perseverar nisso? Vejam o que Paulo falou. Paulo disse que isso foi dado a ele. A dispensação da graça de Deus que me foi dada, para vocês. Não foi dada a Paulo para sua própria glória. Não foi dada para melhorar sua situação financeira. Não foi dada a Paulo, para que as pessoas pensassem que ele é um grande pregador, para que se prostrassem diante dele, de maneira que eles acolhessem suas palavras como únicas e autoritativas, só porque vieram dele. O que ele diz é: Não olhem para mim como se isso fosse meu. Não olhem para mim como o autor disso. Não! É uma dispensação da graça de Deus, Eu sou o menor dos menores santos aqui, eu sou nada. Mas Deus me confiou isto. Homens, se vocês não têm algo que veio da vontade de Deus - Como saber se veio da vontade de Deus? Porque Deus veio exteriormente a você e lhe deu algo que você não tinha antes. Muitos homens querem se chamar de pastores. Querem se chamar mestres. Mas deixa eu dizer uma coisa. É uma dispensação da graça de Deus que é dada aos homens por amor a outros E se lhe foi dada tal dispensação, os outros reconhecerão que você a tem. Uma dispensação de graça, dada a você. Por quê? Porque é para eles. É para o benefício deles. É para a edificação deles. E se ninguém é edificado, ninguém é beneficiado, ninguém é ajudado. ninguém recebe graça do que você está fazendo, irmãos, a última coisa que a igreja precisa é de pessoas auto-intituladas. Não importa o que seja. O que você enxerga aqui é um cristianismo que começa com Deus. É pela vontade de Deus. E não é diferente na igreja. O que não podemos, é dizer "ah, ele é um apóstolo". É, você chega em Efésios 4 e vai descobrir que apóstolos e profetas e evangelistas e pastores e mestres são colocado na mesma categoria. Eles vêm de Jesus Cristo. É o mesmo na igreja hoje como era antigamente, anos atrás, quando Jesus Cristo escolheu 12 homens para seguí-lo. Irmãos, Deus ainda é o Deus que é soberano na igreja. É pela vontade de Deus que há um apóstolo e é pela vontade de Deus que há qualquer tipo de mestre ou pregador ou qualquer um, dotado para o ministério. Isso vem de Deus. Ele é soberano na igreja. Devemos entender isso. Homens, vocês precisam entender isso. Não entrem em qualquer ministério se só tiverem uma inclinação, um desejo pessoal de fazê-lo. Se Deus não invadiu sua vida do exterior, veio até você e fez de você o que você não era antes, lhe dado dons de uma maneira que você não tinha antes. Lhe dado um ministério. A graça de Deus lhe sendo dada, derramada em sua vida, derramada em seu dom, derramada em seu caráter; de maneira que você saiba que Deus veio. Este é o cristianismo real, este é o cristianismo das Escrituras. É o vir de Deus, é a intervenção de Deus, é o fazer de Deus. E é isso que precisamos reconhecer.