Comprados com o Precioso Sangue de Cristo de

Tema: ,
Categoria: Trechos, Video

Toma minha vida, meu corpo, minhas mãos, meus pés, meus lábios, meu tudo em tudo como um sacrifício vivo para Ti.

Seremos julgados pelas coisas que fizemos em nosso corpo, cada pensamento que pensamos, cada palavra que falamos, cada passo que tomamos, cada centavo que gastamos, cada mordida que demos. O corpo é especificado aqui. Então a nossa gloriosa exortação: glorificar a Deus em nós e, uma designação específica, em nossos corpos. Agora, terceiro, e a primeira frase: “Pois fostes comprados por um preço”. Aqui nós temos uma motivação que nos amarra, nos segura. “Fostes comprados por um preço, portanto, glorificai a Deus no vosso corpo.” “Fostes comprados por preço.” Repare nisto, Paulo coloca sua motivação perante nós. Não é lei, é amor. Você foi comprado por um preço em vista do que o Senhor fez por você, portanto, glorifique a Deus no seu corpo. Amor tão incrível, tão divino exige a minha vida, a minha alma, o meu tudo.

Ele diz: “um preço”, “fostes comprados por um preço”. Que preço é esse? Pedro fala dele. Ele diz: “vocês foram redimidos não com coisas corruptíveis, como prata e ouro.” Elas parecem tão valiosas, elas parecem tão preciosas, parecem tão incorruptíveis. Mas ainda assim, ele diz: “não com coisas corruptíveis como prata e ouro” – finalmente, elas são corruptíveis. Finalmente, elas são como nada comparadas ao que ele menciona na frase seguinte. Ele diz: “mas com o Precioso Sangue de Cristo.”

Em Agosto, nós mandamos o nosso segundo filho, Zachary, para uma faculdade a umas duas horas de distância para estudar para ser um engenheiro mecânico. E o Zach esteve conosco por vinte anos, na nossa casa, ele esteve conosco por vinte anos, nós o enviamos e eu sabia que eu iria sentir a partida dele. Eu voltei e o quarto, com toda a mobília dele, tudo tinha sido levado com ele, e o quarto dele estava vazio. A única coisa que restou foi um espelho na parede com um verso bíblico que Zach tinha escrito naquele espelho. E isso me levou às lágrimas. Se é assim que um pai na terra se sente, como deve ter sido para o Pai Celestial enviar o Filho Dele? Quero dizer, eu estive com o Zach. Ele esteve comigo por vinte anos, mas o Filho de Deus esteve com o Pai por toda a eternidade. E felizmente, tão felizmente, Zach e eu, quase não tivemos nenhuma dificuldade. Uma comunhão boa e real, uma amizade boa e real com o meu filho querido, mas isso é nada comparado com o Pai Celestial e o Filho Dele. Havia uma comunhão absolutamente perfeita, amor perfeito. “O amor que eu sempre tive com você desde antes da fundação do mundo.” Eu enviei o meu filho para obter um diploma em engenharia mecânica. Quando o Pai Celestial enviou o Filho Dele para ser feito pecado. Foi muito real. Muito real. Não foi uma peça de teatro. Foi muito real o que aconteceu.

Estamos falando do preço e pensem no Senhor Jesus, nós só podemos imaginar mesmo como foi para Ele. O imortal morre, o infinito se torna finito. Ele segura todas as coisas pela palavra do Seu poder e agora, segurado nos braços de uma mãe? Ele era tão grandioso que os céus não O podiam conter e ainda assim, espremido para dentro do ventre de uma mãe. Deus de luz, nas trevas do ventre de uma mãe! Ele que construiu os céus, agora perambulando numa carpintaria. E crescendo, a paciência que o Senhor exercitou por trinta anos. Sabendo que Ele era o Salvador do mundo. Mesmo assim, dizendo quase nada. Esperando e esperando e esperando e esperando e esperando até o tempo designado pelo Pai quando Ele poderia abrir a Sua boca e sair, “Arrependei-vos porque é chegado o Reino dos Céus.”

E então começaram, mais severamente, os sofrimentos. A vergonha, a rejeição, a negligência e, então, o escárnio, as cuspidas, os tapas, o prego, a lança, os espinhos, morrendo como um aparente fracasso, e ser abandonado pelo Pai Celestial, tendo sido feito pecado por nós. Não temos ideia do que o Senhor passou. O preço que foi pago. “Fostes comprados por um preço”.

Olhe esta outra palavra “fostes comprados”. Às vezes a Palavra descreve em termos de justificação, pois anteriormente nós estávamos condenados, mas agora nós somos justos para Deus. Às vezes fala em termos de perdão, pois uma vez estávamos em dívida e agora ela foi cancelada. Às vezes fala em termos de adoção, pois antes éramos estranhos, mas agora somos filhos de Deus. Às vezes em termos de reconciliação, pois uma vez éramos inimigos, mas agora somos amigos. Às vezes em termos de redenção, pois uma vez éramos escravos, mas agora somos livres. Mas aqui o termo é “comprados”. Sim, tão simples, não é? Sabe, todo mundo sabe o que a palavra “comprado” significa? Jesus pagou tudo. Ele pagou o nossa dívida do pecado! Eu gosto desse termo simples: “fostes comprados por um preço.” Atos 20: “para apascentardes a igreja de Deus, que Ele adquiriu com seu próprio sangue.” Vocês foram redimidos, não com coisas corruptíveis, mas com o Sangue Precioso de Cristo. “Digno és de tomar o livro e quebrar os selos, pois foste morto e com Teu sangue compraste homens de toda tribo, língua, povo e nação.”

Vocês foram comprados. O corpo foi comprado? Com certeza, foi. Romanos 8 diz que estamos esperando a adoção com a redenção do corpo. O Senhor comprou nossa alma, Ele comprou nossos corpos, Ele comprou tudo. Jesus pagou por tudo. Aquele carneiro foi colocado no lugar de Isaque. O Cordeiro da Páscoa foi imolado por Israel, não pelo Egito. Eu lhes digo, se vocês não chegarem a ver que o Senhor Jesus morreu por vocês pessoalmente, pessoalmente, vocês não vão encontrar o conforto e a segurança que poderiam ter. “Vocês foram comprados por um preço.” Ele nos amou. Ele Se entregou para que Ele pudesse nos redimir de todo ato de injustiça e e purificar para Si Mesmo um povo para Sua Própria possessão.